SEGUNDA IGREJA BATISTA EM GOIÂNIA

NOSSA HISTÓRIA


NOSSA HISTÓRIA

Quando a Congregação Batista de Campinas foi fundada, em fevereiro de 1940, ainda se falava em Campinas como uma cidade. Membros da Primeira Igreja Batista em Goiânia (PIB) “viajavam” em conduções primitivas e precárias para chegarem ao salão de culto, localizado na Rua Santa Luzia esquina com Avenida Pernambuco. A longa viagem durava mais de uma hora, percorrendo a avenida Goiás, Marechal Rondon, Bernardo Sayão e outras já em Campinas, todas ainda sem pavimentação nenhuma, sequer blocos de pedra. Esta história foi registrada em entrevista de 1998, concedida pela saudosa Dra. Amália Mohn, primeira mulher brasileira a se tornar Promotora de Justiça, membro da Primeira Igreja Batista em Goiânia. Ela contava que todo domingo um grupo de evangélicos batistas se aventurava para os lados de Campinas para ministrar aulas de Escola Bíblica na recém criada congregação.

Em 18 de Junho de 1944 a congregação batista foi organizada juridicamente como Segunda Igreja Batista em Goiânia (SIB) e seu primeiro grande desafio foi a aquisição de um terreno para a construção do templo definitivo. Os membros, cerca de 50 pessoas, oriundas da PIB e das cidades Porto Nacional e Pedro Afonso (hoje, estado do Tocantins) e a mineira Araguari, começaram a “namorar” uma área de excelente localização na esquina das Avenidas 24 de Outubro e Alberto Miguel. 

Mas a dificuldade veio junto com o sonho: o terreno pertencia à Igreja Católica e a instituição não abria mão em vender já que seria para a construção de uma Igreja Batista. Com muita oração e diálogo, enfim a negociação foi efetuada e a igreja começou a ser levantada onde até hoje está; aliás, muito requisitada para a realização de casamentos, congressos e outros, devido à beleza e tamanho de seu templo.

Nestas mais de sete décadas de existência, a SIB muito contribuiu para o crescimento do bairro de Campinas e da cidade de Goiânia. Ajudou na fundação de diversas outras igrejas. Até hoje serve de referência e inspiração a todas elas seja na pregação da Palavra de Deus, na forma alegre e reverente de prestar cultos, na composição dos corais e mesmo na organização de seus departamentos. 

Igreja da “Bíblia aberta” – A Segunda Igreja Batista é referência não só por ser um dos pontos mais conhecidos da Avenida 24 de outubro, ou somente para as igrejas que ajudou a erguer.

É chave também na construção de uma sociedade ética e moralmente saudável, que conta com bons profissionais em todas as áreas de atuação e com pessoas de destaque. Por exemplo, no rol de membros, a SIB lista importantes médicos, cirurgiões-dentistas, engenheiros, advogados renomados, comerciantes de sucesso, professores respeitados.