QUAL É O SEU PAPEL NA IGREJA?


Atos capítulo 11, além de nos informar a maneira como Deus abriu a porta do evangelho para os gentios, revela-nos os papeis que algumas pessoas desempenham na igreja.

Algumas pessoas fazem as coisas acontecerem (At 11.4-17). Pedro, mesmo relutante em atender à ordem de Deus, dispôs-se a levar o evangelho para além dos muros de Jerusalém. A parede da inimizade que separava os judeus dos gentios havia sido quebrada pela obra de Cristo (Ef 2.11-19). Tal notícia abalou os judeus tradicionais, uma vez que eles imaginavam que os gentios precisavam primeiro se tornar judeus para depois serem cristãos. Pedro, obedecendo ao intento divino, foi à casa do gentio Cornélio e pregou a ele e aos seus familiares. Todos creram e foram salvos. Damos graças a Deus porque Pedro não resistiu ao propósito de Deus e se tornou instrumento nas mãos do Senhor para as coisas acontecerem.

Algumas pessoas ouvem sobre as coisas que acontecem (At 11.1). Chegou ao conhecimento dos apóstolos e dos irmãos que estavam na Judeia que também os gentios haviam recebido a palavra de Deus (At 11.1). Criticaram Pedro e exigiram explicações por ele ter entrado e comido na casa de gentios incircuncisos. Gente assim dá mais valor ao tradicionalismo religioso do que a indivíduos; valorizam mais os rituais do que o amor; imaginam que Deus não pode amar aqueles a quem elas rejeitam; não estão fazendo a obra de Deus; apenas ouvem com censura o que está acontecendo.

Algumas pessoas se opõem às coisas que acontecem (At 11.2-3). Os membros legalistas daquela assembleia em Jerusalém atacaram Pedro porque ele entrou e se alimentou na casa de um gentio cujo nome era Cornélio. Face aos inquéritos dos opositores, Pedro explicou que sua atitude foi em plena submissão à orientação do Espírito Santo (At 11.12) e que desobedecer àquele mandamento divino teria sido o mesmo que resistir ao próprio Deus (At 11.15-17). Graças a Deus, Pedro não se curvou àqueles que se opõem às coisas que acontecem.

Algumas pessoas ajudam outras pessoas a fazerem as coisas acontecerem (At 11.19-26). Quando a igreja de Jerusalém ouviu falar do crescimento da igreja em Antioquia da Síria, logo enviou Barnabé. Ele, imediatamente, lembrou-se de que Saulo estava em Tarso e o convocou para se juntar a ele naquela obra. Barnabé fez de seu ministério uma plataforma para investimento na vida de outras pessoas; ele almejava que elas pudessem também ser usadas nas mãos de Deus. Longe de ser obstáculo para os que queriam fazer a obra, como os fariseus legalistas, Barnabé era facilitador, cooperador e encorajador daqueles que estavam engajados na obra.

Precisamos perguntar a nós mesmos: Que papel ocupo na igreja? Sou dos que fazem as coisas acontecerem? Apenas ouço que as coisas estão acontecendo e as critico? Oponho-me ao que Deus está fazendo acontecer?  Vivo para ajudar outras pessoas a fazerem as coisas acontecerem? Qual é o seu papel na igreja?

Com carinho, Leandro B. Peixoto.

Compartilhar

Textos Recentes