A PÁTRIA PARA CRISTO


Na manhã do dia 25 de junho de 1907, na primeira Assembleia da Convenção Batista Brasileira (CBB), em Salvador, na Bahia, a Junta de Missões Nacionais (JMN) foi criada com a missão de multiplicar discípulos e com a visão de alcançar todos com o evangelho nos mais distantes rincões da pátria brasileira. Ao longo destes 110 anos, Missões Nacionais tem se empenhado com dedicação e fidelidade à conquista da Pátria para Cristo. Na verdade, a JMN coordena os esforços missionários das igrejas batistas no cumprimento da Grande Comissão no Brasil. Os missionários e os projetos são das igrejas batistas que cooperam com alegria com a obra. Milhões de pessoas foram abençoadas por meio da vida dedicada de servos e servas neste mais de um século de trabalho missionário.

Em 1939, década que começou com a Grande Depressão e terminou com o início da Segunda Guerra Mundial, o diretor da JMN, Dr. L. M. Bratcher, após uma viagem de 276 dias pelo interior do Brasil, voltava com as seguintes impressões sobre o trabalho missionário: “A maior necessidade dos batistas brasileiros é de obreiros que se dediquem ao trabalho da pregação do evangelho; o povo batista tem um profundo amor pela JMN. Creem na sua missão, têm fé na sua integridade e nos seus planos. Deseja o seu sucesso e está se dedicando mais e mais à tarefa de levar a pátria aos pés de Jesus; precisamos triplicar os trabalhos da JMN dentro de pouco tempo. Precisamos levantar os nossos olhos e fazer planos maiores e mais de acordo com as oportunidades que o trabalho oferece”.

De fato, nos impressiona a visão otimista e sonhadora deste grande obreiro da causa do Mestre numa época tão difícil e com tantas limitações e crises. Mas graças às orações e ao envolvimento das igrejas todos os anos na campanha de Missões Nacionais, avançamos e o evangelho chegou aos mais distantes locais, como os ribeirinhos, sertanejos e povos indígenas, e muitas igrejas foram plantadas.

Não podemos recuar, pois ainda há muita terra para ser conquistada. Por isso, conto com sua participação, querida igreja, na campanha deste ano. Vamos estabelecer um alvo de fé, uma oferta de amor, para que, ainda nesta geração, todos sejam alcançados com a Palavra de Deus e tenhamos uma colheita abundante. O Brasil precisa muito de você neste momento como agentes do reino de Deus.

A oferta missionária é um privilégio para a igreja do Senhor Jesus. Uma oportunidade indescritível para nós, seus servos, investirmos naquilo que o Espírito Santo está liderando: missões! Não fique fora daquilo que o Senhor está operando por meio de Missões Nacionais em todo o Brasil. Milhares de vidas estão sendo transformadas pelo poder do evangelho. Ore e invista nisso para a glória do Senhor Jesus! Busquemos nossa pátria para Cristo.

Pr. Fernando M. Brandão
Diretor-executivo da JMN da CBB
missoesnacionais.org.br

Compartilhar

Textos Recentes